Dados do Empreendimento

Estudos Realizados

UTE Paraguaçu – RAÍZEN

Paraguaçu Paulista/SP

Dez/2014 (em andamento)

Pot. Inst. = 37,5 MVA

ü  Curto-Circuito;

ü  Fluxo de Potência;

ü  Estabilidade Eletromecânica.

UTE Ferrari – TRACTEBEL

Ampliação de Capacidade

Pirassununga/SP

Dez/2014 (em andamento)

Pot. Inst. = 100 MVA

ü  Curto-Circuito;

ü  Fluxo de Potência;

ü  Estabilidade Eletromecânica;

ü  Coordenação de Isolamento;

ü  Proteção e Seletividade.

Parques Eólicos Bórgia – Igaporã III

Igaporã/BA

Dez/2014 (em andamento)

Pot. Inst. = 120 MW

ü  Estabilidade Eletromecânica;

ü  Harmônicos;

ü  Flicker.

GAMESA

São Paulo/SP

Out-Dez/2014 (em andamento)

ü  Desenvolvimento da Modelagem Elétrica dos Aerogeradores G97 e G114 da GAMESA para o programa ANATEM/CEPEL – Estabilidade Eletromecânica.

CEMAT/ENERGISA

Estado do Mato Grosso

Out-Nov/2014

1280 km de LTs

800 MVA de Transformação

Especificação Técnica para Solução Estruturante ao Sistema do Baixo Araguaia:

ü  Fluxo de Potência;

ü  Capacidade de Escoamento;

ü  Estabilidade de Tensão;

ü  Curto-Circuito;

ü  Estabilidade Eletromecânica;

ü  Análise de Viabilidade de Espaço Físico de Subestações;

ü  Análise de Mínimo Custo Global de Alternativas de Solução;

ü  Especificação Técnica dos Compensadores Síncronos.

SE Lagoa Nova – TAESA

Lagoa Nova/RN

Out-Nov/2014

ü  Estudos de Curto-Circuito e Proteção/Seletividade – Reforço PAR/PET – Seccionamento LT Paraíso – Açu II 230 kV – SE Lagoa Nova;

ü  Estudos de Fluxo de Potência – Reforço PAR/PET – Seccionamento LT Paraíso – Açu II 230 kV – SE Lagoa Nova.

Parques Eólicos Paraipaba e São Francisco – MSPAR

Paraipaba/CE

Out/2014

Pot. Inst. = 300 MW

ü  Capacidade de Escoamento;

ü  Estabilidade de Tensão;

ü  Curto-Circuito;

ü  Fluxo de Potência.

Parques Eólicos Voltalia – Mossoró II

Mossoró/RN

Out/2014

Pot. Inst. = 140 MW

ü  Capacidade de Escoamento;

ü  Estabilidade de Tensão;

ü  Fluxo de Potência.

UTE Caeté Marituba

Marituba/AL

Out/2014

Pot. Inst. = 30 MVA

ü  Estabilidade Eletromecânica;

ü  Fluxo de Potência;

ü  Curto-Circuito.

PCH San Juan

Cerquilho/SP

Set/2014

Pot. Inst. = 12,5 MVA

ü  Estabilidade Eletromecânica;

ü  Fluxo de Potência;

ü  Curto-Circuito.

UTEs Vista Alegre I e II – ENERGISA – Parecer de Acesso

Maracajú/MS

Set/2014

Pot. Inst. = 90 MW

ü  Estabilidade Eletromecânica;

ü  Fluxo de Potência;

ü  Curto-Circuito.

UTE Buriti

Serrana/SP

Set/2014

Pot. Inst.: 40 MW

ü  Fluxo de Potência;

ü  Análise de Compensação Reativa.

Complexo Eólico Caetité

Caetité/BA

Set/2014

Pot. Inst.: 210 MW

ü  Curto-Circuito;

ü  Proteção e Seletividade.

Complexo Eólico Riachão

Ceará Mirim/RN

Set/2014

Pot. Inst.: 180 MW

ü  Curto-Circuito;

ü  Proteção e Seletividade.

PE Miassaba II

Guamaré/RN

Ago-Set/2014

Pot. Inst. = 32,5 MW

ü  Capacidade de Escoamento;

ü  Estabilidade Eletromecânica;

ü  Fluxo de Potência;

ü  Curto-Circuito;

ü  Estabilidade de Tensão.

PE Ventos da Bahia

Bonito/Ba

Ago-Set/2014

Pot. Inst. = 72 MW

 

ü  Capacidade de Escoamento;

ü  Estabilidade Eletromecânica;

ü  Fluxo de Potência;

ü  Curto-Circuito;

ü  Estabilidade de Tensão.

UTE Bioflex Caeté

São Miguel dos Campos/AL

Ago/2014

Pot. Inst. = 62,5 MW

ü  Fluxo de Potência – Aumento da Exportação.

UTE Guarani – Tanabi 2

Tanabi/SP

Jul-Ago/2014

Pot. Inst. = 42,5 MVA

ü  Estabilidade Eletromecânica;

ü  Fluxo de Potência;

ü  Curto-Circuito.

GV do Brasil S.A.

Pindamonhangaba/SP

Jul-Ago/2014

Pot. Inst. = 130 MW

ü  Estabilidade Eletromecânica;

ü  Curto-Circuito;

ü  Proteção e Seletividade.

Parques Eólicos Alto Sertão III – RENOVA – Informação de Acesso

Igaporã/BA

Jun/2014

Pot. Inst. = 815,7 MW

ü  Capacidade de Escoamento;

ü  Estabilidade de Tensão;

ü  Fluxo de Potência;

ü  Curto-Circuito.

UTE Santa Helena

Nova Andradina/MS

Parecer de Acesso

Jun/2014

Pot. Inst. = 81,25 MVA

ü  Estabilidade Eletromecânica;

ü  Fluxo de Potência;

ü  Curto-Circuito;

ü  Proteção e Seletividade.

UTE Eldorado - Odebrecht

Eldorado/MS

Jun/2014

Pot. Inst. = 130 MVA

ü  Curto-Circuito;

ü  Proteção e Seletividade.

UTE Cocal II

Narandiba/SP

Mai-Jun/2014

Pot. Inst. = 156 MVA

ü  Proteção e Seletividade: Ampliação – AT/MT/BT;

ü  Análise de Saturação dos TCs.

UTE Caeté

Paulicéia/SP

Maio/2014

Pot. Inst = 150 MVA

Bagaço de Cana

ü  Curto-Circuito - AT;

ü  Proteção - AT.

UTE Termoverde Caieiras Biogás

Caieiras/SP

Parecer de Acesso

Maio/2014

Pot. Inst. = 29,5 MW

ü  Estabilidade Eletromecânica;

ü  Fluxo de Potência;

ü  Curto-Circuito.

Parque Eólico Sobradinho – ENERGISA

Sobradinho/BA

Abril/2014

Pot. Inst. = 120 MW

ü  Análise de Viabilidade – Mínimo Custo Global.

USFV Bom Jesus da Lapa

B. J. da Lapa/BA

CPFL Renováveis

Abril/2014

Pot. Inst. = 415 MW

ü  Fluxo de Potência;

ü  Estabilidade de Tensão.

Parques Eólicos Juremas, Macacos, Costa Branca e Pedra Preta – CPFL Renováveis

João Câmara/RN

Abril/2014

Pot. Inst. = 78,2 MW

ü  Curto-Circuito;

ü  Flicker;

ü  Harmônicos.

UTE Termoverde Caieiras Biogás

Caieiras/SP

Informação de Acesso

Abril/2014

Pot. Inst. = 29,5 MW

ü  Estabilidade Eletromecânica;

ü  Fluxo de Potência;

ü  Curto-Circuito.

Parques Eólicos Baixa do Feijão I, II, III e IV – EDP Renováveis

Jandaíra/RN

Março/2014

Pot. Inst. = 120 MW

ü  Análise de Compensação Reativa.

Parques Eólicos Igaporã II e Pindaí

RENOVA – Informação de Acesso

Pindaí/BA

Março/2014

Pot. Inst. = 600 MW

ü  Fluxo de Potência;

ü  Curto-Circuito;

ü  Estabilidade Eletromecânica.

Parques Eólicos Alto Sertão III – RENOVA

Igaporã/BA

Fev-Mar/2014

Pot. Inst. = 815,7 MW

ü  Análise de Compensação Reativa.

UTE Vale do São Simão

Santa Vitória/MG

Fevereiro/2014

Pot. Inst. = 50 MW

ü  Fluxo de Potência;

ü  Curto-Circuito;

ü  Estabilidade Eletromecânica.

UTE Biolins

Lins/SP

Fevereiro/2014

Pot.Inst. = 30,0 MVA

ü  Curto-Circuito – Planta AT;

ü  Seletividade – Planta AT.

Parque Eólico Embuaca

Timbaúba/CE

Fevereiro/2014

Pot. Inst. = 28,8 MW

ü  Transitórios Eletromagnéticos.

Parques Eólicos Faísa I, II, III, IV e IV

Trairí/CE

Janeiro-Fevereiro/2014

Pot. Inst. = 144 MW

ü  Transitórios Eletromagnéticos.

UTEs Santa Cândida I e II – ENERGISA

Bocaína/SP

Janeiro/2014

Pot. Inst. = 98,8 MW

ü  Análise de Viabilidade – Mínimo Custo Global.

UTEs Santa Cândida I e II – ENERGISA

Bocaína/SP

Dezembro/2013

Pot. Inst. = 98,8 MW

ü  Estudo de Viabilidade de Controle Automático de TAP.

UTE Ferrari

Pirassununga/SP

Nov-Dez/2013

Pot. Inst. = 68 MVA

 

ü  Fluxo de Potência;

ü  Curto Circuito;

ü  Proteção;

ü  Transitórios Eletromagnéticos;

ü  Estabilidade Eletromecânica.

Parques Eólicos Alto Sertão III – RENOVA

Igaporã/BA

Out/2013

Pot. Inst. = 815,7 MW

ü  Estabilidade Eletromecânica;

ü  Fluxo de Potência;

ü  Curto-Circuito;

ü  Flicker;

ü  Harmônicos.

Complexos Eólicos Umburanas e Jacobina – RENOVA

Sobradinho/BA

Outubro/2013

Pot. Inst. = 1.200 MW

ü  Análise de Viabilidade – Mínimo Custo Global;

ü  Fluxo de Potência.

Usina Solar Fotovoltaica LÉROS ENERGIA

Taubaté/SP

Outubro/2013

Pot. Inst. = 500 MWp

ü  Análise de Viabilidade – Mínimo Custo Global;

ü  Fluxo de Potência (deck EPE);

ü  Fluxo de Potência (deck ONS);

ü  Curto-Circuito;

ü  Flicker;

ü  Harmônicos;

ü  Transitórios Eletromagnéticos.

Parques Eólicos Valência I, II e III – POLIMIX

Touros/RN

Outubro/2013

Pot. Inst. = 90 MW

ü  Estabilidade Eletromecânica;

ü  Fluxo de Potência;

ü  Curto-Circuito;

ü  Flicker;

ü  Harmônicos.

UTEs Vista Alegre I e II – ENERGISA

Maracajú/MS

Set-Out/2013

Pot. Inst. = 90 MW

ü  Estabilidade Eletromecânica;

ü  Fluxo de Potência;

ü  Curto-Circuito;

ü  Proteção e Seletividade – AT/MT.

UTE Bioflex Caeté

São Miguel dos Campos/AL

Set-Out/2013

Pot. Inst. = 62,5 MW

ü  Estabilidade Eletromecânica;

ü  Fluxo de Potência;

ü  Curto-Circuito;

ü  Proteção e Seletividade – AT/MT.

Parques Eólicos Alto Sertão III – RENOVA

Igaporã/BA

Set-Out/2013

Pot. Inst. = 815,7 MW

ü  Viabilidade Técnica de Conexão;

ü  Fluxo de Potência.

Parque Eólico Faísas – MS Renováveis

Areia Branca/RN

Set-Out/2013

Pot. Inst. = 28,8 MW

ü  Transitórios Eletromagnéticos.

Usina Solar Fotovoltaica LÉROS ENERGIA

Habilitação ao LEN -5 2013

Taubaté/SP

Setembro/2013

Pot. Inst. = 90 MWp

ü  Curto-Circuito;

ü  Fluxo de Potência.

Parques Eólicos Jericó, Aroeira e Umbuzeiros – EDP Renováveis

Jandaíra/RN

Setembro/2013

Pot. Inst. = 90 MW

ü  Fluxo de Potência;

ü  Curto-Circuito.

UTE Cocal II

Narandiba/SP

Setembro/2013

Pot. Inst. = 156 MVA

ü  Proteção e Seletividade: Ampliação – AT/MT/BT.

Complexo Eólico Sobradinho – ENERGISA

Sobradinho/BA

Setembro/2013

Pot. Inst. = 120 MW

ü  Fluxo de Potência;

ü  Curto-Circuito.

UTE Termoverde Caieiras Biogás

Caieiras/SP

Agosto/2013

Pot. Inst. = 27 MW

ü  Transitórios Eletromagnéticos;

ü  Estabilidade Eletromecânica;

ü  Fluxo de Potência;

ü  Curto-Circuito.

Usina Solar Fotovoltaica LÉROS ENERGIA

Taubaté/SP

Agosto/2013

Pot. Inst. = 90 MWp

ü  Análise de Viabilidade – Mínimo Custo Global;

ü  Fluxo de Potência.

UTEs Santa Cândida I e II – ENERGISA

Bocaína/SP

Agosto/2013

Pot. Inst. = 98,8 MW

ü  Transitórios Eletromagnéticos;

ü  Estabilidade Eletromecânica;

ü  Fluxo de Potência;

ü  Curto-Circuito.

UTE Jataí

Jataí/GO

Julho/2013

Pot.Inst. = 131,25 MVA

ü  Proteção e Seletividade – BT/MT/AT.

Parque Eólico Bela Vista – MS Renováveis

Areia Branca/RN

Julho/2013

Pot. Inst. = 28,8 MW

ü  Transitórios Eletromagnéticos.

UTE São Martinho

Pradópolis/SP

Julho/2013

Pot.Inst. = 143 MVA

ü  Proteção e Seletividade: Ampliação – MT/BT.

UTE Tanabi

Tanabi/SP

Junho/2013

Pot. Inst. = 60 MW

ü  Proteção e Seletividade MT/AT.

UTE Vale do São Simão

Santa Vitória/MG

Junho/2013

Pot. Inst. = 50 MW

ü  Estabilidade Eletromecânica.

UTE Amandina

Ivinhema/MS

Junho/2013

Pot. Inst. = 150 MVA

ü  Estabilidade Eletromecânica;

ü  Fluxo de Potência;

ü  Curto-Circuito.

UTE Univalem/RAÍZEN

Valparaíso/SP

Junho/2013

Pot. Inst. = 50 MW

ü  Fluxo de Potência;

ü  Curto-Circuito.

Parques Eólicos Areia Branca e Mar e Terra – Martifer

Areia Branca/RN

Maio/2013

Pot. Inst. = 57,6 MW

ü  Transitórios Eletromagnéticos.

Parques Eólicos Bioenergy

Miranda/MA

Abr-Jul/2013

Pot. Inst. = 622 MW

ü  Transitórios Eletromagnéticos;

ü  Estabilidade Eletromecânica;

ü  Fluxo de Potência;

ü  Curto-Circuito;

ü  Flicker;

ü  Harmônicos.

Parques Eólicos Baixa do Feijão I, II, III e IV – EDP Renováveis

Jandaíra/RN

Abr-Mai/2013 (em andamento)

Pot. Inst. = 120 MW

ü  Transitórios Eletromagnéticos;

ü  Estabilidade Eletromecânica;

ü  Fluxo de Potência;

ü  Curto-Circuito;

ü  Flicker;

ü  Harmônicos.

UTE Caieiras

Caieiras/SP

Abr-Mai/2013

Pot. Inst. = 27,5 MW

Biogás de Aterro Sanitário

ü  Curto-Circuito;

ü  Fluxo de Potência;

ü  Estabilidade Eletromecânica;

ü  Transitórios Eletromagnéticos.

Parque Eólico Macacos 1 – CPFL Renováveis

João Câmara/RN

Abr/2013

Pot. Inst. = 78 MW

ü  Curto-Circuito;

ü  Flicker;

ü  Harmônicos.

UTE Cocal II

Narandiba/SP

Mar-Abr/2013

Pot. Adicional = 40 MVA

Bagaço de Cana

Ampliação da potência instalada:

ü  Fluxo de Potência;

ü  Curto Circuito;

ü  Proteção;

ü  Transitórios Eletromagnéticos;

ü  Estabilidade Eletromecânica.

UTE Ipê

Andradina/SP

Mar/2013

Pot. Adicional = 10,0 MVA

Bagaço de Cana

Ampliação da potência instalada:

ü  Fluxo de Potência;

ü  Curto Circuito;

UTE Santo Ângelo

Pirajuba/MG

Fev-Mar/2013

Pot. Inst. = 60 MVA

Estudos para atualização do modo operativo:

ü  Estabilidade Eletromecânica;

ü  Fluxo de Potência.

UTE Porto das Águas

Chapadão do Céu/GO

Jan-Mar/2013

Pot. Inst. = 150 MVA

ü  Curto-Circuito – Planta AT;

ü  Seletividade – Planta AT.

UTEs Santa Cândida I e II – ENERGISA

Bocaína/SP

Nov-Dez/2012

Pot. Inst. = 98,8 MW

ü  Análise de Viabilidade – Mínimo Custo Global;

ü  Fluxo de Potência;

ü  Curto Circuito;

ü  Estabilidade Eletromecânica;

ü  Transitórios Eletromagnéticos.

Complexo Eólico Sobradinho – CGEs Muquim, Alecrim e Boa Esperança – ENERGISA

Sobradinho/BA

Dez/2012

Pot. Inst. = 90 MW

ü  Análise de Viabilidade – Mínimo Custo Global;

ü  Fluxo de Potência.

Parques Eólicos Campos dos Ventos I, III e V – CPFL Renováveis

João Câmara/RN

Set-Out/2012

Pot. Inst. = 90 MW

ü  Transitórios Eletromagnéticos;

ü  Estabilidade Eletromecânica;

ü  Fluxo de Potência;

ü  Curto-Circuito;

ü  Flicker;

ü  Harmônicos.

UTE Cocal II

Narandiba/SP

Out/2012 (em andamento)

Pot. Inst. = 93 MVA

Bagaço de Cana

ü  Curto Circuito – Planta AT/MT – Fase 2;

ü  Proteção – Planta AT/MT – Fase 2;

UTE São Martinho

Pradópolis/SP

Out/2012

Pot.Inst. = 142,25 MVA

ü  Proteção e Seletividade: Cubículos Novos – AT/MT/BT.

UTE Biolins

Lins/SP

Out/2012

Pot.Inst. = 30,0 MVA

ü  Curto-Circuito – Planta AT;

ü  Seletividade – Planta AT.

UTE Caeté

Paulicéia/SP

Set/2012

Pot. Inst = 150 MVA

Bagaço de Cana

ü  Curto-Circuito;

ü  Proteção.

Parque Eólico Icaraí – Martifer Renováveis

Amontada/CE

Ago/2012

Pot. Inst. = 14,4 MW

ü  Curto-Circuito;

ü  Proteção.

UTE Santo Ângelo

Pirajuba/MG

Jul-Ago/2012

Pot. Inst. = 60 MVA

ü  Transitórios Eletromagnéticos;

ü  Estabilidade Eletromecânica;

ü  Fluxo de Potência;

ü  Curto-Circuito;

ü  Proteção e Seletividade.

Complexo Eólico Cerro Chato – Eólicas do Sul

Santana do Livramento/RS

Jul/2012

Pot. Inst. = 112 MW

ü  Transitórios Eletromagnéticos;

ü  Fluxo de Potência;

ü  Curto-Circuito.

UTE Amandina

Ivinhema/MS

Jun/2012

Pot. Inst. = 50 MVA

ü  Fluxo de Potência;

ü  Curto-Circuito;

ü  Transitórios Eletromagnéticos;

ü  Estabilidade Eletromecânica.

GT-Solar

PSR/COGEN

Jan-Jun/2012

ü  Levantamento e Análise de Requisitos;

ü  Estudo de Viabilidade do Aproveitamento Solar Fotovoltaico no Brasil.

UTE Univalem/RAÍZEN

Valparaíso/SP

Jun 2012

Pot. Inst. = 29,2 MVA

Estudos para atualização dos relés de proteção:

ü  Curto-Circuito

ü  Proteção;

ü  Estabilidade Eletromecânica.

UTE Vale do Tijuco

Uberaba/MG

Mai/2012

Pot.Inst. = 116,6 MVA

ü  Estabilidade Eletromecânica.

UTE Biolins

Lins/SP

Mai/2012

Pot.Inst. = 30,0 MVA

ü  Curto-Circuito – Planta MT/BT;

ü  Seletividade – Planta MT/BT.

UTE CEM

Morrinhos/GO

Abr/2012-Mai/2012

Pot.Inst. = 30,0 MVA

ü  Fluxo de Potência;

ü  Estabilidade;

ü  Curto-Circuito;

ü  Transitórios Eletromagnéticos;

UTE IACO

Chapadão do Sul/MS

Abr/2012-Mai/2012

Pot.Inst. = 37,5 MVA

ü  Curto-Circuito – Planta MT/BT;

ü  Seletividade – Planta MT/BT.

UTE Alta Mogiana

São Joaquim da Barra/SP Abr/2012

Pot. Inst. = 30 MW

ü  Curto Circuito;

ü  Proteção e Seletividade.

UTE Chapadão

Brejo Alegre/SP

Abr/2012

Pot. Inst. = 115 MW

ü  Curto Circuito;

ü  Proteção e Seletividade.

UTE Barra/RAÍZEN

Barra Bonita/SP

Abr/2012

Pot. Inst. = 74 MW

Estudos para atualização das proteções:

ü  Curto Circuito;

ü  Proteção;

ü  Estabilidade Eletromecânica.

UTE Ipaussu/RAÍZEN

Ipaussu/SP

Abr/2012

Pot. Exportada. = 51,5 MW

 

Estudos para atualização das proteções:

ü  Curto Circuito;

ü  Proteção;

ü  Estabilidade Eletromecânica.

UTE GOIASA

Goiatuba/GO

Fev/2012-Mar/2012

Pot.Inst. = 62,5 MVA

ü  Curto-Circuito – Planta MT/BT;

ü  Seletividade – Planta MT/BT.

UTE CEM

Morrinhos/GO

Fev/2012-Mar/2012

Pot.Inst. = 30,0 MVA

ü  Curto-Circuito – Planta MT/BT;

ü  Seletividade – Planta MT/BT.

UTE IACO

Chapadão do Sul/MS

Dez/2011-Fev/2012

Pot.Inst. = 37,5 MVA

Estudos Pré-Operacionais:

ü  Fluxo de Potência;

ü  Curto-Circuito;

ü  Transitórios Eletromagnéticos;

ü  Estabilidade Eletromecânica.

UTE Nardini

Aporé/GO

Dez/2011-Fev/2012

Pot.Inst. = 93,75 MVA

Estudos Pré-Operacionais:

ü  Fluxo de Potência;

ü  Curto-Circuito;

ü  Transitórios Eletromagnéticos;

ü  Estabilidade Eletromecânica.

UTE Água Emendada

Costa Rica/MS

Dez/2011-Fev/2012

Pot.Inst. = 93 MVA

Estudos Pré-Operacionais:

ü  Fluxo de Potência;

ü  Curto-Circuito;

ü  Transitórios Eletromagnéticos;

ü  Estabilidade Eletromecânica.

UTE Costa Rica

Costa Rica/MS

Dez/2011-Fev/2012

Pot.Inst. = 93 MVA

Estudos Pré-Operacionais:

ü  Fluxo de Potência;

ü  Curto-Circuito;

ü  Transitórios Eletromagnéticos;

ü  Estabilidade Eletromecânica.

UTE Morro Vermelho

Mineiros/GO

Dez/2011-Fev/2012

Pot.Inst. = 93 MVA

Estudos Pré-Operacionais:

ü  Fluxo de Potência;

ü  Curto-Circuito;

ü  Transitórios Eletromagnéticos;

ü  Estabilidade Eletromecânica.

UTE Alto Taquari

Alto Taquari/MS

Dez/2011-Fev/2012

Pot.Inst. = 93 MVA

Estudos Pré-Operacionais:

ü  Fluxo de Potência;

ü  Curto-Circuito;

ü  Transitórios Eletromagnéticos;

ü  Estabilidade Eletromecânica.

PCH Indaiazinho

Cassilândia/GO

Dez/2011-Fev/2012

Pot.Inst. = 13,9 MVA

Estudos Pré-Operacionais:

ü  Fluxo de Potência;

ü  Curto-Circuito;

ü  Transitórios Eletromagnéticos;

ü  Estabilidade Eletromecânica.

PCH Indaiá Grande

Cassilândia/GO

Dez/2011-Fev/2012

Pot.Inst. = 22,2 MVA

Estudos Pré-Operacionais:

ü  Fluxo de Potência;

ü  Curto-Circuito;

ü  Transitórios Eletromagnéticos;

ü  Estabilidade Eletromecânica.

UTE Jataí

Jataí/GO

Dez/2011-Fev/2012

Pot.Inst. = 131,25 MVA

Estudos Pré-Operacionais:

ü  Fluxo de Potência;

ü  Curto-Circuito;

ü  Transitórios Eletromagnéticos;

ü  Estabilidade Eletromecânica.

CTEEP – Companhia de Transmissão de Energia Elétrica Paulista

Nov/2011 – Jan/2012

Sistema de Transmissão do Estado de São Paulo

ü  Estudos de Planejamento Quadrimestral;

ü  Estudo de Otimização de Cargas para SEs em Barra Dupla;

ü  Capacitação e Treinamento ao Corpo Técnico da CTEEP – Esquemas de Recomposição em DIT.

UTE Conquista do Pontal/ETH

Mirante do Paranapanema/SP

Nov-Dez/2011

Pot. Inst. = 125 MVA

Bagaço de Cana

Implantação do Gerador 3 (G3):

 

ü  Curto Circuito;

ü  Proteção.

UTE Santa Luzia/ETH

Nova Alvorada do Sul/MS

Nov-Dez/2011

Pot.Inst. = 130 MVA

Bagaço de Cana

Implantação do Gerador 3 (G3):

 

ü  Curto Circuito;

ü  Proteção.

UTE Rio Claro/ETH

Caçu/GO

Nov-Dez/2011

Pot. Inst. = 162,5 MW

Bagaço de Cana

Implantação do Gerador 3 (G3):

 

ü  Curto Circuito;

ü  Proteção.

UTE Santo Ângelo

Pirajuba/MG

Out-Dez/2011 (em andamento)

Pot. Inst. = 60 MVA

ü  Análise de Roteamento Ótimo;

ü  Definição do Condutor Econômico;

ü  Análise de Mínimo Custo Global;

ü  Fluxo de Potência;

ü  Curto-Circuito.

UTE Barra/COSAN

Barra Bonita/SP

Out-Nov/2011

Pot. Inst. = 74 MW (fase 2)

ü  Fluxo de Potência;

ü  Curto Circuito;

ü  Proteção;

ü  Transitórios Eletromagnéticos;

ü  Estabilidade Eletromecânica.

UTE Univalem/COSAN

Valparaíso/SP

Set-Nov/2011

Pot. Inst. = 29,2 MVA

Bagaço de Cana

Pré-operacionais:

ü  Fluxo de Potência;

ü  Curto Circuito;

ü  Proteção;

ü  Transitórios Eletromagnéticos;

ü  Estabilidade Eletromecânica.

UTE Ipaussu/COSAN

Ipaussu/SP

Set-Nov/2011

Pot. Exportada. = 51,5 MW

Bagaço de Cana

Pré-operacionais:

ü  Fluxo de Potência;

ü  Curto Circuito;

ü  Proteção;

ü  Transitórios Eletromagnéticos;

ü  Estabilidade Eletromecânica.

UTE Vale do Tijuco

Uberaba/MG

Ago-Set/2011

Pot. Inst. = 56 MVA

Bagaço de Cana

ü  Transitórios Eletromagnéticos;

ü  Estabilidade Eletromecânica.

UTE Ivinhema

Ivinhema/MS

Jul/2011-Jan/2012 (em andamento)

Pot. Inst. = 190 MVA

ü  Análise de Roteamento Ótimo;

ü  Definição do Condutor Econômico;

ü  Análise de Mínimo Custo Global;

ü  Fluxo de Potência;

ü  Curto-Circuito;

ü  Transitórios Eletromagnéticos;

ü  Estabilidade Eletromecânica.

CTEEP – Companhia de Transmissão de Energia Elétrica Paulista

Jun-Dez/2011

Sistema de Transmissão do Estado de São Paulo

ü  Estudos de Planejamento Estratégico da Operação Elétrica;

ü  Esquemas de Recomposição da Rede DIT;

ü  Estudos de Ilhamento Considerando a Geração Distribuída.

GIZ (Deutsche Gesellschaft für Internationale Zusammenarbeit – Agência de Cooperação Técnica Alemã)

Jul-Out/2011

Concessionárias brasileiras

proof-of-concept” de Smart Grid para um conjunto de  concessionárias brasileiras, envolvendo:

ü  Medidores inteligentes;

ü  Geração distribuída;

ü  Armazenamento distribuído;

ü  Carros elétricos/híbridos “plug-in”;

ü  Cogeração/CHP;

ü  Automação, controle e comunicação;

ü  Microrredes;

ü  Gestão de ativos.

UTE Caeté

Paulicéia/SP

Jul-Set/2011

Pot. Inst = 150 MVA

Bagaço de Cana

ü  Fluxo de Potência;

ü  Curto-Circuito;

ü  Transitórios Eletromagnéticos;

ü  Estabilidade Eletromecânica.

UTE São Martinho

Pradópolis/SP

Jul/2011

Pot.Inst. = 142,25 MVA

ü  Proteção e Seletividade: Conexão e Indústria.

UTE IACO

Chapadão do Sul/MS

Mai-Jul/2011

Pot.Inst. = 37,5 MVA

ü  Fluxo de Potência;

ü  Curto-Circuito;

ü  Transitórios Eletromagnéticos;

ü  Estabilidade Eletromecânica.

UTE Nardini

Aporé/GO

Mai-Jul/2011

Pot.Inst. = 93,75 MVA

ü  Fluxo de Potência;

ü  Curto-Circuito;

ü  Transitórios Eletromagnéticos;

ü  Estabilidade Eletromecânica.

UTE Água Emendada

Costa Rica/MS

Mai-Jul/2011

Pot.Inst. = 93 MVA

ü  Fluxo de Potência;

ü  Curto-Circuito;

ü  Transitórios Eletromagnéticos;

ü  Estabilidade Eletromecânica.

UTE Costa Rica

Costa Rica/MS

Mai-Jul/2011

Pot.Inst. = 93 MVA

ü  Fluxo de Potência;

ü  Curto-Circuito;

ü  Transitórios Eletromagnéticos;

ü  Estabilidade Eletromecânica.

UTE Morro Vermelho

Mineiros/GO

Mai-Jul/2011

Pot.Inst. = 93 MVA

ü  Fluxo de Potência;

ü  Curto-Circuito;

ü  Transitórios Eletromagnéticos;

ü  Estabilidade Eletromecânica.

UTE Alto Taquari

Alto Taquari/MS

Mai-Jul/2011

Pot.Inst. = 93 MVA

ü  Fluxo de Potência;

ü  Curto-Circuito;

ü  Transitórios Eletromagnéticos;

ü  Estabilidade Eletromecânica.

PCH Indaiazinho

Cassilândia/GO

Mai-Jul/2011

Pot.Inst. = 13,9 MVA

ü  Fluxo de Potência;

ü  Curto-Circuito;

ü  Transitórios Eletromagnéticos;

ü  Estabilidade Eletromecânica.

PCH Indaiá Grande

Cassilândia/GO

Mai-Jul/2011

Pot.Inst. = 22,2 MVA

ü  Fluxo de Potência;

ü  Curto-Circuito;

ü  Transitórios Eletromagnéticos;

ü  Estabilidade Eletromecânica.

UTE Jataí

Jataí/GO

Mai-Jul/2011

Pot.Inst. = 131,25 MVA

ü  Fluxo de Potência;

ü  Curto-Circuito;

ü  Transitórios Eletromagnéticos;

ü  Estabilidade Eletromecânica.

UTE Porto das Águas

Chapadão do Céu/GO

Mai-Jul/2011

Pot.Inst. = 150 MVA

ü  Fluxo de Potência;

ü  Curto-Circuito;

ü  Transitórios Eletromagnéticos;

ü  Estabilidade Eletromecânica.

23 UTEs de Biomassa

Abr-Mai/2011

Sistema Coletor de Transmissão em Anel da Geração Distribuída

Pot. Transmitida = 977 MVA

Regiões de Araraquara/Ribeirão Preto do Estado de São Paulo

ü  Análise de Condutor Econômico;

ü  Fluxo de Potência;

ü  Análise de Mínimo Custo Global.

UTE São Martinho

Pradópolis/SP

Abr-Mai/2011

Pot.Inst. = 142,25 MVA

ü  Curto Circuito;

ü  Estabilidade Eletromecânica.

CGE Icaraí

Amontada/CE

Mar-Jun/2011

Pot. Inst. = 14,4 MW

Central Geradora Eólica

ü  Fluxo de Potência;

ü  Transitórios Eletromagnéticos;

ü  Estabilidade Eletromecânica;

ü  Harmônicos;

ü  Flicker;

ü  VTCD.

UTE Castilho

Castilho/SP

Fev-Mar/2011

Pot. Inst. = 60 MVA

ü  Fluxo de Potência;

ü  Curto Circuito;

ü  Estabilidade Eletromecânica;

CGE Tramandaí

Tramandaí/RS

Jan-Mar/2011

Pot. Inst. = 70 MW

Central Geradora Eólica

ü  Estudos de Qualidade de Energia Elétrica – Padrão ONS  de 27/09/2010

UTE Alta Mogiana

São Joaquim da Barra/SP

Fev/2011

Pot. Inst. = 30 MW

Bagaço de Cana

ü  Estabilidade Eletromecânica.

PCH São Francisco

Águas de Santa Bárbara/SP

Fev/2011

Pot. Inst. = 7 MW

Hidráulica

ü  Fluxo de Potência;

ü  Análise de Mínimo Custo Global.

PCH Ponte Branca

Águas de Santa Bárbara/SP

Fev/2011

Pot. Inst. = 10 MW

Hidráulica

ü  Fluxo de Potência;

ü  Análise de Mínimo Custo Global.

UTE Ipaussu/COSAN

Despacho Reduzido

Ipaussu/SP

Jan-Fev/2011

Pot. Exportada. = 51,5 MW

Bagaço de Cana

ü  Fluxo de Potência;

ü  Curto Circuito;

ü  Proteção;

ü  Transitórios Eletromagnéticos;

ü  Estabilidade Eletromecânica.

UTE Eldorado

Eldorado/MS

Dez/2010-Jan/2011

Pot. Inst. = 24 MW

Bagaço de Cana

ü  Estabilidade Eletromecânica.

UTE Univalem/COSAN

Valparaíso/SP

Dez/2010

Pot. Inst. = 29,2 MVA

Bagaço de Cana

ü  Fluxo de Potência;